...

Ecos
Os passos
Nos trilhos
Do bonde
E nem é verão
Para que o Sol
Te beije a cara
Imunda de tanto
Lambuzar amor

E tem ainda
As folhas
Secas do outono
Passado
Sobreviventes
Decidindo Vida
Na primavera
Que daqui alguns goles
De botão
Te encobertará

Sem contar o líquido inverno
Que tivera 'inda agora
Escancarando o silêncio
Arregalando os olhos
E aquecendo SOUL
Esta, que te dedico e dou!