.

Penetro na tua treva
Na expectativa dos bosques teus
Meu amor, cheios de luz.
E bem perto, sendo um só, num oquidário
Numa ardência de botão
Desenvolvo com você
Vagalumes em noite breu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua vez.