Doce

eu te via como se me despia:
de onda
espuma
e me fechava com amor
vazia de sal!

Um comentário:

  1. Que nos ama nos faz de mar...

    Amei Ana, sigo com muito prazer o teu blog.

    ResponderExcluir

Sua vez.