Zoyka

I
Não preciso dos lábios teus
                                  [Amor]
A mão tua na minha
Já me causa fre-ne-sí
Portanto, não te preocupa
                        [Querida]
Em vir e se despir
: brincar de ficar nua.

II
Minha vista te admira
Assim
De longe
Tão quanto como meu corpo corresponde ao teu
Assim
De perto.

E ardemos!

III
Faz calor e,
Nem é verão.
Tua língua no meu ventre:
Insolação.

Um comentário:

Sua vez.