Medo

"O amor é a correnteza libertina da solidão."

Para Anelise Todt.

Realidade bruta
Solidão comportada
Mesmo com outra alma
Batendo à porta.
Ninguém abre
Fingem não vê.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua vez.