Lembre-se

Tua voz, aço-fino
No meu ouvido
Me pesa se
Não é de amor
Que falas.
Confio no teu espinho
E resmungo tua ausência
Mas não se esqueça
Aqui veludo é
Pétala de flor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua vez.